Aliança

Photo by Adam Kring on Unsplash

Os anéis das árvores contam suas vidas
E os nossos anéis, contam nosso amor?
Dos nós dos caules saem folhas e flores
De nós brota uma primavera inteira.

Me enrolo a ti com paixão de raiz
Como uma jiboia visando o Éden
Desatamos numa conversa sobre nós
Daquelas de deixar os dias menores
Não sabia que o amor era dimensão acima do tempo
Diria que o amor causa Big Bangs
Visto que cabe numa bolinha de gude do universo
e tem uma densidade de devorar estrelas
Pois bem, a Relatividade escapa às fórmulas
Grandeza da natureza não cabe em razões
Dito isto, me cabe o descabimento de te amar.

Gostou? Deixe aqui o seu aplauso, comentário e, se puder, compartilhe!

Meu Instagram: @purapoesiaa

--

--

--

Poeta e escritor. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Adriel Alves

Adriel Alves

Poeta e escritor. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe

More from Medium

Conspiracy of Silence

Rain Comes And Sounds Like You

Dragons of Spring Dawning | Part 2

Deadly Trends