Espelhos

Adriel Alves
Feb 14, 2023

Eis que tudo é miragem
se não roça nos olhos
Tais poços cristalinos
espelham a imagem da tripa
Que é a retina senão a boca da carne?

Os esqueletos escondidos
Desenterram-se nas íris
Espelhos, portas de entrada
E de saída, de emergência.

Eis que do vítreo tudo emerge
Há bestas sob a face do lago
Tu não decides se hoje a beija
Ou se dormirás no precipício.

Gostou do conteúdo? Deixe aqui o seu aplauso (que vai de 1 a 50) e/ou comentário. Caso tenha interesse, inscreva-se aqui para receber um e-mail toda vez que eu publicar um novo texto.

Instagram: @purapoesiaa

Twitter: @purapoesiaaofc

--

--

Adriel Alves

Poeta e cronista. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe