O “Homem”

poema homem machismo assedio critica social adriel alves

E veio o homem e disse
que a mulher nasceu de sua costela
E veio o homem e disse
que as bruxas seriam mastigadas
pelas bocas das chamas
E veio o homem e disse
que as vestes eram impróprias
E veio o homem e disse
que aquilo não era trabalho de mulher
E veio o homem e disse
que ela era louca
E veio o homem
e assobiou na rua
e lhe perseguiu
e lhe rasgou a carne
E veio a mulher
e bradou um basta!
E veio a mulher
e denunciou!
E veio a mulher
e pôs a veste à seu gosto!
E veio a mulher
e disse o que bem queria!
E veio a mulher
e gritou junto a tantas outras!
E o “homem” medonho
se amedrontou
E o “homem” viril brochou
E o “homem” bestial apequenou
E o “homem” monstro sumiu
E a mulher finalmente
pôde ser mulher.

Gostou do conteúdo? Deixe aqui o seu aplauso (que vai de 1 a 50) e/ou comentário. Caso tenha interesse, inscreva-se aqui para receber um e-mail toda vez que eu publicar um novo texto.

Instagram: @purapoesiaa

Twitter: @purapoesiaaofc

--

--

Poeta e escritor. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Adriel Alves

Poeta e escritor. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe