Pancada

Adriel Alves
Feb 26, 2021

A saudade bate,
eu levo.

Um murro duro,
que quebro.

Quando estou cinza,
sorriso amarelo.

Coração luta,
não para de bater.

Estou convicto,
sou invicto em saudades.

--

--

Adriel Alves

Poeta e cronista. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe