Sinal Vermelho

cronica sinal vermelho texto adriel alves pura poesia

O sinal vermelho é o nêmesis dos motoristas. Fogem dele a todo custo para não ter que lidar com aquela inércia de intermináveis segundos. A humanidade desaprendeu a ficar parada e abomina o ócio.

O sinal vermelho não precisa ser o seu arqui-inimigo, podemos vê-lo como uma oportunidade para respirar fundo depois daquele filho da mãe desgraçado ter nos cortado no trânsito. Aproveite o ócio para curtir aquela sua música predileta e apreciar a vista, ainda que muitas vezes o panorama seja formado pelas bundas dos caminhões e carros soltando seus gases sufocantes pelos escapamentos.

Já perceberam como os automóveis foram inspirados no corpo humano? Os faróis são os olhos, alguns simpáticos como o olhar de um velho amigo, no caso do Fusca, outros mal-encarados como um velho rabugento. O motor tem válvulas, como o coração, com pistões que não podem parar; ele bombeia o óleo pelo sistema de vasos que o distribuem para seus órgãos (peças) para o devido funcionamento. O carro só funciona bem se estiver bem hidratado (lubrificado) e bem alimentado, com combustível, que se não for de qualidade pode lhe dar uma indigestão. Pois é, sinal vermelho também é lugar de ter esses pensamentos sem-futuro que não vão nos levar a lugar nenhum. Enfim, o sinal vermelho tem ainda muito em comum com o banheiro, um local para questionarmos a existência ou aflorar o Freddie Mercury que existe dentro de cada um de nós.

Devemos adotar a ideologia dos semáforos. Vermelho: é importante saber quando parar, pois constantemente andamos muito acelerados e esquecemos de contemplar o que realmente importa. Dar uma pausa para refletir é uma forma de evitar colidir com o indesejável. Amarelo: atenção, esteja atento aos sinais antes de prosseguir, pondere suas decisões, saiba quando avançar e recuar, avançar o sinal nem sempre é a melhor opção. Verde: depois de muita reflexão e contemplação, expire, vá ao encalço do horizonte e siga o seu caminho aliviado. Já posso vender meu curso de coach: Colocando um Sinal Vermelho nas suas Aflições.

Bom, é isso, o sinal abriu finalmente e já estão buzinando na minha traseira e xingando de nomes que até o diabo desconhece, ninguém liga se estou escrevendo uma crônica, o que importa é chegar em algum lugar, transitar é uma perda de tempo. Avante!

Gostou do conteúdo? Deixe aqui o seu aplauso (que vai de 1 a 50) e/ou comentário. Caso tenha interesse, inscreva-se aqui para receber um e-mail toda vez que eu publicar um novo texto.

Instagram: @purapoesiaa

Twitter: @purapoesiaaofc

--

--

Poeta e escritor. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Adriel Alves

Poeta e escritor. Integrante do portal Fazia Poesia. Instagram: @purapoesiaa. Gostou do conteúdo? Se inscreva no link: https://adriel-alves.medium.com/subscribe